implantes-dentarios

Implantes dentários são cilindros (pinos) de titânio ou zircônia posicionados dentro do osso, abaixo da gengiva para exercer a mesma função da raiz do dente. Em cima deste implante, o cirurgião dentista fixará o dente.

Principais indicações para os Implantes Dentários

  • Os implantes dentários podem repor a perda de um dente natural, sem a necessidade de desgastar os dentes vizinhos para a preparação de uma prótese fixa ou removível.
  • Em casos de próteses removíveis parciais, estas podem ser substituídas por próteses fixas, sem prejuízo ou sobrecarga dos dentes suportes naturais. Isto permite um aumento considerável do tempo de vida útil desses dentes, já que há uma melhor distribuição da carga mastigatória entre dentes e implantes.
  • Para desdentados totais a utilização dos implantes traz imensos benefícios na qualidade de vida. A “dentadura” convencional, por sua vez, pode ser substituída por próteses fixas sobre implantes ou por próteses removíveis (overdenture). Esses dois recursos apresentam melhor retenção e estabilidade e, consequentemente, maior conforto e segurança ao seu usuário.

O que o paciente precisa saber ao fazer Implantes Dentários

O tratamento com implantes é composto por duas fases:

  1. Fase cirúrgica (colocação do implante)
  2. Fase protética (colocação do dente)

Porém, antes de entrarmos na fase cirúrgica passamos a um planejamento protético, que tem por objetivo determinar a melhor configuração dos dentes. Esse planejamento considera o melhor posicionamento dos implantes para construirmos um guia radiográfico para a obtenção da tomografia computadorizada e do guia cirúrgico.

Descubra a solução odontológica ideal para você! Agende uma consulta.

Especialista Responsável:

Eduardo Machado de Carvalho

  • Graduado em Odontologia em 1979 – Universidade São Francisco USF;
  • Especialista em Prótese Dentária;
  • Especialista em Implantes;

Acesse aqui o currículo completo